Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 4 de março de 2016

João César Monteiro



João César Monteiro (1939-2003)






Claramente o mais irreverente e incompreendido de todos os realizadores portugueses.
Durante a minha estadia na Ualg tive a oportunidade de ver muitos dos seus filmes, tentando aqui fugir à polémica que era a sua figura sempre fleumática e provocadora, gostaria de realçar alguns dos seus filmes como por exemplo: 

Veredas(1977)

em que este inicia uma fase de abordagem de lendas e contos da mitologia popular portuguesa. Filmes feitos com baixos orçamentos e de uma beleza verdadeiramente singular.








Silvestre(1982) 

será sem dúvida o meu preferido dessa fase.













O seu maior destaque no entanto surgirá com Recordações da Casa Amarela(1989), em que faz nascer no ecrã a figura de João de Deus, o seu alter-ego que marcará presença em muitos dos seus filmes futuros.

























Sem comentários:

Enviar um comentário