Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 18 de abril de 2016

horas de reconhecimento

Tu já és a causa
e a certeza. 
Tu, ou apenas metade de ti.
Completa ou vazia, apenas metade de mim 
nos sons da outra metade de mim
nas cascatas  
em que olhavas para todas as águas cristalinas 
que desenhavam círculos
e pintavas mentalmente a natureza em redor
como se a tua mãe ausente se tratasse
mãe dos ventos que choram as tragédias 
na efemeridade e na distância  
reconheces os anjos nas tuas canções ciganas
e no entanto voltas sempre a esses homens
sérios e tristes 
de corações vagabundos
carregando desgostos na tez tórrida
sem reconhecerem tudo aquilo que lhes deste.

Levanta-te e reconhece o teu mundo - digo-te eu.


Sem comentários:

Enviar um comentário