Pesquisar neste blogue

sábado, 25 de junho de 2016

Night Shifts XXIV - Philamore Lincoln



Fugindo um pouco ao assunto Brexit que claramente dominou a ordem do dia, hoje também foi lida a sentença do caso de plágio na música "Stairway to heaven". E este é de facto um assunto polémico pela admiração que sempre mantive pelo músico Jimmy Page e pela música em questão. Mas será que por exemplo o Pablo Picasso também poderia ser acusado de plágio por se ter inspirado nas máscaras africanas para criar o Cubismo?! Claro que não. Entretanto vamos supor que de repente descobriam-se quadros de um pintor basco com temáticas semelhantes à Guernica. Creio que aí teria que se repensar mais um vez todo o conceito de "plágio".E no caso do rapper Vanilla Ice?! Bem,mais do que a forma em si creio que será o conteúdo que importará. Na música ocidental penso que existem 7 notas, 12 sons e 42 designações diferentes. Quais as probabilidades de se repetir a mesma música desconheço. Mas a verdade é que são vulgares os casos de similaridades.Coincidências ou não, creio que a ideia de "plágio"será mais fácil de se determinar pelo conteúdo,pela letra ou pela interpretação do por estas similaridades. Enfim,mas não deixa mesmo de ser um assunto bastante polémico. Eu até acho que gosto mais dos The Yardbirds do que dos Led Zeppelin mas a minha credibilidade em relação a esta banda fica um bocado diminuída, nunca deixarei no entanto de apreciar a Stairway to Heaven. Apesar de toda a interpretação ser muito boa entristece saber que aquela entrada muito provavelmente não terá sido inventada por eles. Há uma certa magia que se perde ao pensar-se nisso. Entretanto após uma nova audição sou levado a acreditar que a acusação de plágio será exagerada até porque ainda descobri uma terceira "versão" desta feita de uma banda chamada Crow em que as semelhanças serão ainda maiores.
O dia de hoje no entanto terá valido também pela descoberta desta música dos Philamore Lincoln com a colaboração do Jimmy Page numa fase anterior aos Led Zeppelin.






Sem comentários:

Enviar um comentário