Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Night Shifts XX - Corações Felpudos

 Foi durante o verão aos 13 anos que comecei a desenvolver o meu interesse pela música. Depois de ter começado a ouvir da colecção de vinyl do meu tio entre muitos o "No sleep' till hammersmith" dos Motorhead ,"Killers" dos Iron Maiden, uma compilação qualquer dos The Clash , AC/DC, Pink Floyd, The Doors etc seria a vez do meu primo "desencaminhar-me" ao mostrar-me o "Kill em all" e o "Master of Puppets" dos Metallica e mais tarde Paradise Lost,Suicidal Tendencies e uma k7 que continha um álbum de Ratos de Porão de um lado e os "Corações Felpudos" do outro.Isto na altura em que a "Budapeste" passava regularmente na Rtp 2, juntamente com outras bandas como os WC Noise, Censurados, Braindead, etc. Não levaria muito tempo a descobrir o programa Lança Chamas do António Sérgio nunca me irei esquecer da minha reacção ao ouvir os Napalm Death pela primeira vez...(por acaso não foi Napalm Death mas sim Morbid Angel. Os britânicos Napalm Death ouviria pela primeira vez num bike contest ainda antes de haver o Skatepark de Portimão).Abdicaria de muitas idas à praia durante o Sábado só para ficar a ouvir o programa.O álbum de Ratos de Porão era o "Brasil"(lembrei-me agora) e o "Corações Felpudos" por sua vez poderia não ter a "Budapeste"para tristeza minha mas tinha a "Destilo Ódio" que hoje em dia, com uma diferente cultura musical tanto me faz lembrar os Birthday Party. 
Nunca terá existido outra banda igual em nosso território nacional.


Sem comentários:

Enviar um comentário