Pesquisar neste blogue

domingo, 27 de dezembro de 2015

James Joyce - Dubliners










Já não comprava um livro há quase 4 anos. Os últimos tinham sido o “Just Kids” da Patti Smith e o“Hell’s Angels” do Hunter S. Thompson. Trabalhava para a Ryanair (companhia aérea irlandesa) quando estava no Aeroporto de Faro e lembro-me que os vôos mais baratos eram os para Dublin,Paris- Beauvais, Porto, Madrid e uma cidade qualquer na Dinamarca. Lembro-me também de como era caricato fazer check-ins para Paris-Beauvais com as suas filas intermináveis de emigrantes, pessoas pouco habituadas a andar de avião e com os respectivos farnéis(mesmo à antiga portuguesa).A última vez que estive em Inglaterra foi em 2009 e foi só uma breve passagem de 3 dias, antes disso tinha tido uma estadia de cerca de 2 semanas em Londres em 2006. ( Yes, I’ve only been in England twice.) Sempre tive curiosidade no entanto em visitar a Escócia e a Irlanda.Os voos mais baratos são mesmo os de Faro para Paris- Beauvais,no entanto tendo em conta os recentes acontecimentos pensei que talvez fosse antes uma boa ideia aproveitar os vôos a cerca de 30 euros para ir passar o ano novo a Dublin. Mas o trabalho e a (ainda) pouca disponibilidade financeira fazem com que tenha que adiar uma vez mais este meu sonho.Resolvi por isso mesmo investir neste livro do James Joyce ( que nunca li) .Um dos heróis nacionais da Irlanda.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Night Shifts V - Jackie Mittoo & Ernest Ranglin

O mestre das teclas Jackie Mittoo sempre fez magia.
Gostaria de arranjar uns álbuns dele.
Pois é dread...1970.Por sua vez o Kruder & Dorfmeister e Jazzanova já lançaram os seus álbuns neste milénio.
Algo me diz que tal não teria acontecido senão tivesse existido primeiro o Jackie Mitto.