Pesquisar neste blogue

sábado, 15 de abril de 2017

Páscoa

À "6ªfeira Santa" que supostamente representaria o dia da morte e julgamento de Cristo chama-se Páscoa que advém do hebraico Pessach, significando passagem através do grego Πάσχα. Os eventos da Páscoa teriam ocorrido durante o Pessach, data a que os judeus associam à libertação e fuga de seu povo escravizado no Egipto.



A palavra Páscoa advém, exactamente do nome em hebraico pela festa judaica à qual a Páscoa cristã está intimamente ligada, não só pelo sentido simbólico de “passagem”, comum nas celebrações pagãs (passagem do Inverno para a Primavera) e judaicas (da escravatura no Egipto para a liberdade na Terra prometida).


Pelo equinócio da primavera,celebra-se a Ostara, igualmente conhecida como Eostre (Deusa Anglo-Saxónica, que significa Deusa da Aurora) ou Easter a deusa que simboliza a primavera, a ressurreição e o renascimento e as lebres e os ovos pintados com runas eram nem mais que os símbolos da fertilidade e renovação a ela associados. A lebre (e não o coelho) era o seu símbolo. Suas sacerdotisas eram ditas capazes de prever o futuro observando-o através das entranhas de uma lebre sacrificada.







Sem comentários:

Enviar um comentário