Pesquisar neste blogue

sábado, 9 de abril de 2016

A lenda índia do "Pássaro Trovejante"

Ela viu-o cair.
Era Wa-Kin, o primeiro sioux
Ele pensou docemente sobre a terra mole, 
não sofria de qualquer mal.
Num esplendor dourado.
Nós vemos morrer ao longe os longos dias.
Do lado da terra das lendas
A velha terra do ocidente.
A terra onde nasceu o Homem Vermelho
A terra dos mitos e das tradições
O vale cheio de histórias misteriosas,
Que nunca foram escritas.

Este poema é extraído do Chon-Oopasa que constitui o chamada "gesto das origens"dos peles vermelhas da América Setentrional.




Sem comentários:

Enviar um comentário