Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 22 de abril de 2016

Recomendação Cinematográfica XVII - 8 1/2 (1963)

Ainda falando de Manoel de Oliveira de referir que os Neo-Realistas italianos chegaram a ver nele um percursor que tinha vários pontos em comum com o cinema que eles próprios procuravam fazer.
Mas depois dos Neo-Realistas veio Fellini... e Fellini para mim é mais nem menos que um dos mais geniais realizadores de todos os tempos. E o 8 1/2 um dos meus filmes preferidos de sempre.Quase custa a crer que um filme que inicialmente poderia apenas recriar a falta de inspiração de um realizador em escrever um argumento tenha tido este resultado. Onírico, surreal e de um humor verdadeiramente mordaz, um humor que se poderá caracterizar como tipicamente felliniano. E estará aqui a sua distinção em relação a outros outros realizadores, o facto de conseguir esta linguagem cinematográfica tão peculiar.E em 8 1/2 consegue-o com Marcelo Mastroianni a desempenhar brilhantemente o papel do seu alter-ego e uma vez mais com Nino Rota na banda sonora.







Sem comentários:

Enviar um comentário